Há critérios para Contratação de um Plano de Saúde?

Atualmente muitas pessoas já perceberam a importância de priorizar a saúde e bem-estar, e começaram a cuidar mais do corpo e da mente. Mas além disso, é também necessário assegurar a qualidade de vida através da prevenção.

Para garantir o acesso adequado aos serviços de saúde, o ideal é recorrer a um plano de saúde. Mas devido à ideia de que a contração do plano é muito burocrática e criteriosa, muitos acabam desistindo.

Pensando nisso preparamos um post para responder as dúvidas sobre os critérios para contratação do plano de saúde.

Existe algum critério para se contratar um plano de saúde?

Qualquer pessoa, seja ela física ou jurídica pode contratar um plano de saúde. A única coisa necessária para identificar as necessidades de cada cliente é a Declaração de Saúde.

E o que é a Declaração de Saúde?

É uma entrevista médica com a finalidade de determinar as possíveis doenças pré-existentes que o beneficiário possa ser portador.

Segundo a ANS (Agência Nacional de Saúde), a Declaração de Saúde não pode conter perguntas sobre hábitos de vida, fatores de risco, sintomas ou uso de medicamentos.

Casos diferenciados:

No caso de contratação durante a gestação, a mulher tem acesso à todos exames e consultas necessários no pré-natal. Porém, a maioria das operadoras de saúde tem um prazo mínimo de pelo menos 300 dias de carência para o parto.

Ainda assim o plano de saúde para a mulher que já está gestante é o ideal para assegurar a sua segurança e saúde nesse período.

Para recém-nascidos as coberturas e carências são praticamente as mesmas, diferenciando-se apenas os hospitais, clínicas e laboratórios credenciados.

O que levar em consideração ao escolher um plano de saúde?

  • Tipos de plano: Deve-se pensar em quem contratará o plano e quem serão os beneficiários, podendo ser individual, familiar, empresarial entre outros;
  • Necessidades: Avaliar as necessidades dos beneficiários, levando em consideração duas condições de saúde, idade e tipos de atendimento que demandam;
  • Cobertura: deve ser escolhida com base nas necessidades identificadas. Pode ser ambulatorial (consultas, exames e cirurgias sem internação); hospitalar (internação); odontológico; ambulatorial mais hospitalar, com ou sem serviços de odontologia e obstetrícia ou plano referência;
  • Acomodação: Analise se você deseja acomodação individual ou coletiva;
  • Abrangência: Diz respeito a localização que o plano abrange. Existem os planos regionais, nacionais e internacionais;
  • Rede credenciada: É a rede de hospitais, laboratórios, clínicas e profissionais de saúde que atendem determinado plano de saúde;
  • Preço:  pode variar de acordo com a idade do beneficiário;
  • Compare: No site da ANS é possível acessar várias informações relevantes ligados as avaliações de qualidade das operadoras de saúde.

Para conhecer o plano ideal de acordo com suas necessidades, entre em contato com nossa equipe.

Para solicitar uma cotação online, basta clicar aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *