Vacina de Covid-19 para crianças vai demorar?

Com os estados e municípios retornando gradativamente a volta às aulas, muitos pais estão se sentindo inseguros em mandar seus filhos para a escola.

Sabemos que apesar das crianças não pertencerem ao grupo de risco, muitos preferem aguardar o início da distribuição das vacinas para crianças.

E então surge a pergunta: A vacina de Covid-19 para crianças vai demorar?

A resposta é: Sim, provavelmente vai demorar para chegar a primeira vacina segura para crianças.

Mas há uma boa explicação para isto:

A gravidade nos índices de mortalidade em adultos e idosos, fez com que o foco das primeiras vacinadas desenvolvidas fossem justamente essa parte da população.

Assim, as vacinas que hoje estão disponíveis foram testadas somente neste grupo prioritário.

Por conta disso, crianças e adolescentes estão no final da fila para receber a imunização, já que se trata de um grupo que não se mostra tão vulnerável ao coronavírus.

Há alguma previsão para liberação da vacinação para crianças?

Sabemos que a vacina começou a ser aplicada na população que vinha sendo a maior prejudicada.

Agora os estudos iniciarão nesses grupos: crianças, gestantes e lactantes.

As farmacêuticas americanas Pfizer e a Moderna começaram os estudos com crianças de 12 anos ou mais para testes clínicos de suas vacinas.

A expectativa é de obter os primeiros resultados até junho deste ano.

Dependendo do desempenho das vacinas nessa faixa etária, as empresas podem testá-las em crianças mais novas.

Além dessas, três outras empresas —Johnson & Johnson, Novavax e AstraZeneca— também planejam testar suas vacinas em crianças, mas ainda não têm prazos definidos.

Vale lembrar que essa prática é comum quando se trata de testes de novas drogas ou vacinas.

Os pesquisadores testam primeiro em adultos para observar quaisquer alterações na dose efetiva e efeitos colaterais inesperados.

Dessa forma, quando os estudos são concluídos nos adultos, os pesquisadores começam a descer pelas faixas etárias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *